sábado, 15 de dezembro de 2007

A MINHA ARVORE DE NATAL



















Eu queria que neste Natal

Todos nós armássemos,

Dentro de nossos corações,

Uma pequena árvore de natal.

E que nela ao invés de brinquedos, roupas,

Telemóveis, e tantas outras quinquilharias,

Que compramos e damos uns aos outros,

Pendurássemos, ao lado daqueles

A quem queremos bem e amamos,

Os nossos mais importantes

Sentimentos, valores e princípios.

Amor, amizade, consideração, lealdade,

Sinceridade, franqueza, honestidade

e sobretudo humanidade.

Sim, eu desejava que o Natal não fosse

Apenas uma data para almoços e jantares festivos.

Para darmos e/ou trocarmos presentes.

Mas, sim, uma data para relembrarmos

De nossos amigos e familiares que estão distante.

E dos que se foram, para não mais voltar.

Muitos deles esquecidos.

Pois, com o passar do tempo,

Os delatamos de nossos corações.

E, também, lembrarmos dos amigos

E familiares que, por estarem mais pertos de nós,

Tantas vezes, esquecemos.

Lembrando deles apenas em certas datas.

Sem deixarmos, de lado,

Num canto qualquer de nossos corações,

Os que vemos a cada dia

E com quem convivemos.

E que estão sempre presentes, ou quase,

Em nossas vidas.

Os fiéis e os mais ou menos.

Aqueles que sempre buscam desculpas

E a tudo justificar!

Até mesmo os que nos momentos difíceis,

De nossas vidas, não souberam estar

Ao nosso lado e nos apoiar.

Mas que nas horas felizes e alegres

Sempre se fizeram presentes.

Sim, queria não esquecer aqueles

A quem magoei, mesmo sem o desejar.

Ou que me feriram sem nenhum motivo real.

Sim, neste Natal encontro espaço,

Dentro de meu coração,

Para os que não conheci como gostaria.

E para aqueles me mostraram apenas

O que desejavam me mostrar!

Embalagens, rótulos e aparências!

Sim, quero ter dentro de mim,

Em minha árvore de natal, todos!

Os poucos que me devem alguma coisa!

E os muitos a quem tanto devo!

Os amigos discretos, tímidos e humildes

E aqueles, espaçosos, invasores

Exclusivistas, ciumentos e possessivos...

Sim, quero uma árvore de Natal

Com a presença viva de todos eles!

Sem que nenhum seja, por mim, esquecido!

Uma lista longa com todos aqueles

Que passaram, fizeram e fazem parte,

Por menor que seja, em minha vida.

Sim, quero que uma árvore de Natal

Bem pequena.

Mas com raízes bem firmes e profundas

Que contenha todos!

Para que jamais, por mim,

Qualquer um deles,

Seja tão-somente um alguém que passou!

Nem que sejam arrancados, de meu coração,

Pelo tempo ou pelo esquecimento!

E é por tudo isso e muito mais

Que a minha árvore de natal é feita de vida!

De sentimentos e de amor!

Vida através de mil cores!

De cores que estarão presentes,

Dentro de todos nós,

Durante toda a existência!

Com a suprema bênção do Ser Supremo

Que com os Seus olhos,

Sem precisar de palavras,

Esteja onde estiver,

Certamente nos desejará,

UM FELIZ NATAL

10 comentários:

Ernest disse...

Desejo-te um NATAL feliz e um Ano-Novo com muita saúde e alegria...

Abracoes do Xalapa, Veracruz, México

Beijinhos

zé lérias disse...

Parabéns pelo texto natalício.
Desejo-te também um Natal muito bom prolongado pelos restantes dias do ano 2008.
Abraço

Gata Verde disse...

A tua árvore é bem bonita!
Obrigada pela visita...um FELIZ NATAL!!!!

Bjs

L.S. Alves disse...

Feliz natal pra você também e muitas felicidades pra você em 2008.
Um abraço.

António Castanheira disse...

Olá! Partilho da tua opinião, expressa neste texto. Era bom a nossa civilização ver o Natal tal como ele devia ser visto, não concerteza, como uma época de consumismo descomunal!
Um Feliz Natal!
Um excelente 2008!
Um abraço

Adrianna disse...

Olá!

A árvore é linda! Mas ... não achas que és um pouquinho exagerada a pedir?
Assim, a querer tanta coisa, corres o risco de não veres nenhum pedido satisfeito. Baralhas o pobre coitado do Pai Natal eheheh

Boas Festas também para ti e os que te são caros
Bjinhos

Cusquinha disse...

Obrigada! Um Feliz Natal tb para a menina e seus familiares e amigos.
Bjitos da Cusquinha

Gui disse...

Se quiseres terás a tua lindíssima árvore de Natal. Se a vomeçares a construir talvez outros te ajudem a decorar essa árvore. Um Santo Natal.

Gata Verde disse...

Passei novamente só para te desejar um ano 2008 o mais Feliz possível!

O Profeta disse...

Olhos abertos de espanto
A esperança renovada
Há um novo ano que anuncia
Os passos da felicidade na sua chegada

E porque gosto de ti
Companheira de viagem
Que a minha companhia
Não seja uma miragem

E porque tocaste o profeta
Com a delicadeza da tua terna mão
No abrir das minhas portas
Ilumino teu coração


Um mágico 2008


Um beijo de luz