quinta-feira, 8 de maio de 2008

PEDIDO DE AJUDA

Estimados Amigos, recebi esta mensagem e resolvi enviar, isto pq a mensagem não foi fácil de ler...

Diz respeito a uma criança que tem uma doença no sangue cujo tratamento consiste num transplante de medula.
A má notícia é que nenhum dos familiares ou amigos são compatíveis com ele e a Cruz Vermelha vai fazer uma recolha de sangue a pessoas interessadas em doar a sua medula.

Com esta mensagem pede-se a todas as pessoas que ajudem, não só esta criança, mas também a muitas outras que andam espalhadas neste nosso pequeno país.



A doação de medula óssea é um gesto de solidariedade e de amor ao próximo!

O Transplante de Medula Óssea é a única esperança de sobrevivência para muitos portadores de leucemias e outras doenças do sangue.

Se para o doador a doação é apenas um incómodo passageiro, para o doente pode representar a diferença entre a vida e a morte.

PROBABILIDADE DE ENCONTRAR UM DADOR COMPATÍVEL?

Actualmente a transplantação de medula óssea é uma prática corrente mas só cerca de 25% dos doentes têm um dador familiar compatível.

Os restantes 75% que têm de recorrer a dadores não aparentados. A transplantação de medula óssea com dadores não aparentados aumentou grandemente a taxa de sobrevivência.

REQUISITOS PARA SER DADOR DE MEDULA ÓSSEA

Os laboratórios responsáveis pelo processo de análises para averiguar a futura compatibilidade entre dadores – tipagem – e estudo imunológico, são os centros de Histocompatibilidade do Sul, do Norte e do Centro, sendo que o do Sul é o organismo do Ministério da Saúde que articula os três centros (Lisboa, Porto e Coimbra), que no seu conjunto formam a Lusotransplante.

Se tem entre os 18 e 45 anos pode inscrever-se num dos 3 Centros de Histocompatibilidade do país. Não poderá ter historial clínico de coração, doença cancerosa ou sida.

Ser-lhe-á retirada uma amostra de sangue, para análise virulógica e de ADN, de forma a tipar o material genético. Simultaneamente terá de preencher um questionário com informação adicional. Esta informação vai para a base de dados e, caso surja um doente compatível, nacional ou estrangeiro, o dador é contactado.

PROCESSO DE DOAÇÃO DE MEDULA

Comprovada a compatibilidade genética do dador, existem duas formas de doação, ao critério do voluntário.

1º Inicialmente, o dador faz um tratamento com injecções subcutâneas de uma substância chamada factor de crescimento para aumentar a produção de células progenitoras de medula. Depois, num processo semelhante à doação de sangue, as células são colhidas por uma técnica chamada citaférese, na qual é possível colher as células a partir de veias periféricas no braço, num processo rápido e simples. Neste caso, o sangue retirado da veia do dador passa através de um aparelho que remove apenas as células necessárias para o transplante, devolvendo novamente as restantes células e plasma ao dador


2º É feita uma colheita das células a partir dos ossos pélvicos, com anestesia geral. Os dadores passam por uma pequena cirurgia de aproximadamente 90 minutos. É retirada uma pequena quantidade de medula (menos de 10%), através de uma punção na região pélvica posterior (bacia) para aspirar a medula (vulgarmente conhecida como tutano).


Dentro de poucas semanas, a medula óssea do dador estará inteiramente recuperada. Os riscos são praticamente inexistentes; os dadores costumam relatar um pouco de dor no local da punção.

Todos os actos médicos que envolvem a doação são cobertos pelo subsistema de saúde do doente, bem como viagens e outros custos.

Contactos:
Lisboa
CEDACE, Registo Português de Dadores de Medula Óssea
Hospital Pulido Valente
Alameda das Linhas de Torres, 117
1769-001 LISBOA

Tel. 21 750 41 52
Fax. 21 750 41 76


Porto
Centro de Histocompatibilidade do Norte
R.Roberto Frias - Pavilhão Maria Fernanda
4200-467 Porto

Tel. 22 51 9102 ou 22 557 3470


Coimbra
Centro de Histocompatibilidade do Centro
Pcta Prof. Mota Pinto - Edf.São Jerónimo, 4º Apartado 9041
3001-301 Coimbra

Tel: 239480700/719


A doação pode salvar a vida de muitas crianças e adultos... Para alguns é uma vida de sofrimento esperar por uma medula, enquanto que para os dadores é apenas um mau estar após a doação, mas com uma enorme satisfação de poder salvar uma vida!

Espero que participes, te inscrevas em algum destes centros, pois nao sabemos se algum dia precisaremos tambem de ser ajudados.

Beijo grande!

1 comentário:

Iana disse...

COMO É BOM SER LEMBRADO" !!!

"Sempre que chego até aqui.
e vejo que você se lembrou de mim
é muito bom.
Fico feliz quando vejo que você me visitou
e deixou uma mensagem de carinho.
Ah, se eu pudesse fazer esse meu
sorriso chegar até você agora.
Se eu pudesse te olhar e dizer:
"Oi, pessoa iluminada".
Como é bom ter você aqui.
Como é bom ler os seus recados.
Você não é virtual pelo contrário,
sinto a energia que vem de você.
Que os anjos lhe abracem agora,
já que eu não posso fazer isso.
Que eles realizem seus desejos.
Isso é tudo que eu posso oferecer,
uma oração, um poema e um desejo,
de que você seja sempre feliz.
Muito obrigado pela sua amizade....

Beijos
Saudades
Iana!!!