sábado, 6 de março de 2010

SE NÃO HOUVER AMANHÃ



















Sabes, eu que costumava deixar muitas coisas para amanhã, resolvi te dizer, hoje, o quanto tu és importante para mim, porque quando acordei pela manhã, uma pergunta ressoava na acústica de minha alma: “e se não houver amanhã?”
Então hoje eu quero estar um pouco mais ao teu lado, ouvir tuas ideias com mais atenção, observar teus gestos mais singelos, decorar o tom da tua voz, teu jeito de andar, de correr, de abraçar.
Porque... se não houver amanhã... eu quero saber qual é tua comida preferida, a música que tu mais gostas, a tua cor predilecta...
Hoje eu vou observar teu olhar, descobrir teus desejos, teus anseios, teus sonhos mais secretos e tentar realizá-los.
Porque, se não houver amanhã... Eu quero ter gravado em minha retina o teu sorriso, teu jeito de ser, tuas manias...
Hoje eu quero fazer uma prece ao teu lado, descobrir contigo essa magia que te traz tanta serenidade, quero subir aos céus contigo, pelos fios invisíveis da oração.
Hoje eu vou me sentar contigo na relva macia, ouvir a melodia dos pássaros e sentir a brisa acariciando meu rosto, colado ao teu, em silêncio... E sem pressa.
Hoje eu vou te pedir por favor, agradecer, me desculpar, pedir perdão, se for necessário.
Sabes, eu sempre deixei todas essas coisas para amanhã, mas o amanhã é apenas uma promessa... o hoje é presente.
Assim, se não houver amanhã eu quero descobrir hoje qual é a flor que tu mais gostas e te oferecer um belo ramo.
Quero conhecer teus receios, te aconchegar em meus braços e te transmitir confiança...
Hoje, quando tu fores te afastar de mim, vou segurar tuas mãos e pedir para que fiques um pouco mais ao meu lado.
Sabes, eu sempre costumo deixar as palavras gentis para dizer amanhã, carinhos para fazer amanhã, muita atenção para prestar amanhã, mas o amanhã talvez não nos encontre juntos.
Eu sei que muitas pessoas sofrem quando um ser amado embarca no trem da vida e parte sem que tenham chance de dizer o que sentem, e sei também que isso é motivo de muitos remorsos e sofrimentos.
Por isso eu não quero deixar nada para amanhã, pois se o amanhã chegar e não nos encontrar juntos, tu saberás tudo o que sinto por ti e saberei também o que tu sentes por mim.
Nada ficará pendente...
Quero registrar na minha alma cada gesto teu.
Quero gravar em meu ser, para sempre, o teu sorriso, pois se a vida nos levar por caminhos diferentes eu ter-te-ei comigo, mesmo estando temporariamente separados.
Sabes, eu não sei se o amanhã chegará para nós, mas sei que hoje, hoje eu posso dizer-te o quanto tu és importante para mim.
Sejas tu meu filho, minha filha, meu esposo ou esposa, um amigo talvez, tu vais saber hoje, o quanto és importante para mim... Porque, se não houver amanhã...

Amanhã o sol será o mesmo mensageiro da luz, mas as circunstâncias, pessoas e coisas, poderão estar diferentes.

Hoje significa o momento de agir, semear, investir nas possibilidades afectivas em favor daqueles que convivem contigo.
Hoje é o melhor período de tempo na direcção do tempo sem fim...

18 comentários:

direitinho disse...

É verdade amigo. Pode não haver amanhã.
Os dias passam a correr e nós perdemos muitas oportunidade de dizer às pessoas que as admiramos e que as amamos. Um dia tudo passa e ficamos sem norte porque há coisas que nunca dissemos.

Desnuda disse...

Um texto tão terno, doce..Tão sensível..Tão lindo! Uma chamada nesta loucura toda que nos faz perder a sensibilidade e as oportunidades que todos os dias temos de falar sobre o nosso afeto. Tem que ser hoje, sim! Obrigada.

Carinhoso beijo e bom fim de semana ( com certeza!), Naty e Carlos.

*** Cris *** disse...

Hoje, agora é sempre o momento certo de dizer "eu te amo"
Bjs!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

É por isso que eu só digo Bom Hoje sempre!

Lindoooooooooooooooo*

Beijos

+++++

Oh!
O outono toca realejo
No pátio da minha vida.
Velha canção, sempre a mesma,
Sob a vidraça descida…
Tristeza?
Encanto?
Desejo?
Como é possível sabê-lo?
Um gozo incerto e dorido
de carícia a contrapelo…
Partir, ó alma, que dizes?
Colhe as horas, em suma…
mas os caminhos do Outono
Vão dar em parte alguma*!

Mário Quintana
Canção do Outono*

Muito obrigada
Renata

prosasdeoutono disse...

Olá,

Antes de mais, o meu muito obrigada pela visita lá no meu cantinho. Curiosidade esta de sermos da mesma terra...

E se não houver amanhã?? será que dissemos tudo o que ainda não dissemos, que perdoamos a quem nos magoou?? Oxalá exista sempre amanhã

Bom Domingo
Beijos e Abraços
Alex

Valquíria Falcão disse...

As vezes somos tão acostumados com o dia a dia que nos esquecemos que realmente pode não existir o amanha...se pensassemos assim pelo menos de vez em quando, acredito que seriamos pessoas melhores...
Lindo texto.....
Beijos...e bom domingo...

david santos disse...

Olá queridos amigos.
Vou viver o hoje ou o agora, porque o logo ou o amanhã não está firmado em nenhuma escritura.
Por isso, e indo ao encontro deste brilhante texto, vamos viver o presente.

Abraços.

Olhos de mel disse...

Queridos amigos; assim é a vida. Por isso procuro dizer as pessoas que amo, que as amo, todos os dias. Procuro fazer o que estiver ao meu alcance, sempre que tenho oportunidade. O amanhã virá, ou não.
Lindo texto, adorei!
Bom fim de semana! Beijos

Liz / Falando de tudo! disse...

minha mãe sempre diz: fazei hoje, pois o amanha não te pertence!!
gostei daqui...

Memória de Elefante disse...

Muitas vezes ao pensar no amanhã se esquece de viver o presente e ele está aí com um leque de possiblidades à nossa frente.


Um abraço e obrigada pela carinhosa visita!

Sofá Amarelo disse...

Arrisco a dizer que hoje foi o melhor dia da minha vida... apesar de ter estado a trabalhar no computador todo o dia e quase nem ter saído para recordar o Sol, hoje foi um dia muito bom!

Abraços fortes!!!

Lilá(s) disse...

É verdade é bom vivermos o momento presente, o amanhã pode não surgir.
Bjs

ALİ EKBER ÇELİK disse...

agradável
Blog

poetaeusou . . . disse...

*
um texto sublime,
parabens, deixo,
,
saudações,
,
*

Amapola disse...

Boa noite.
É mesmo. O amanhã, só Deus sabe.
O tempo passa muito depressa, e é bom que saibamos viver o hoje.

Um grande abraço.

Luciana disse...

Olá
Gostei muito do Blog de vocês e obrigada pela visita no meu.
Bjs
Luciana

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo!

*Amizades não compram,
Se amizade não compramos...
Conquistamos...
E as mesmas conquistamos...
Ganhamos...
Então é por isso que amamos...
“E amamos”
Sem esperar aquilo que ganhamos...Apenas... doamos!
Isso se chama reciprocidade, afinidade, amizade
Sem limites
Sem distância
Sem cortes
Sem barreiras
Apenas amamos...
E nos entregamos
Alexia Moreira e Suely Dam*

Beijos!
Bom Dia

Rouxinol disse...

Olááá!!!
Que lindo texto...tão puro, doce, sereno e tão profundo.
O velho ditado clichê:
"Não deixe para amanhã o que podes fazer hoje."
É mesmo sempre bom deixar as pessoas que amamos, com palavras ternas, doces e suaves.
Pedir perdão como coloca o texto, perdoar...Porque o amanhã é uma incógnita.
Mas o presente, esse sim é o real.
Adorei a visita.
Voltem mais vezes.
Um grande beijo!!
E um lindo final de semana!!!