sexta-feira, 26 de março de 2010

UM TEMPO A MAIS














No parque, uma mulher sentou-se ao lado de um homem em um banco, perto do lago

Aquele, logo ali, é meu filho disse ela, apontando para um pequeno menino usando um polo vermelho e que deslizava no escorregão

Um bonito garoto respondeu o homem, e completou: aquela, usando vestido branco, pedalando sua bicicleta, é minha filha.

Então, olhando o relógio, o homem chamou a menina. Filha, o que você acha de irmos?

A garota suplicou: mais 5 minutos, pai. Por favor. Só mais 5 minutos. O homem concordou e mariana continuou pedalando sua bicicleta, para alegria de seu coração.

Os minutos se passaram e o pai levantou-se novamente e falou para a filha: hora de ir agora?

Outra vez ela pediu: mais cinco minutos, papai. Só mais cinco minutos. O homem disse: está certo!

O senhor certamente é um pai muito paciente! Falou a mulher.

O homem, com um sorriso um tanto melancólico, falou: o meu filho mais velho foi morto por um motorista bêbado no ano passado, quando pedalava sua bicicleta perto daqui.

Eu nunca passei muito tempo com ele e agora eu daria qualquer coisa por apenas mais cinco minutos com meu filho.

Eu me prometi não cometer o mesmo erro com a irmã dele.

Ela acha que tem mais cinco minutos para andar de bicicleta. Mas, na verdade, eu é que tenho mais cinco minutos para vê-la brincar.

Com a agitação da vida moderna nem sempre nos damos conta da importância de dedicar um pouco mais de tempo para nossos amores.

Sob o império do relógio, estamos sempre apressados, atrasados, atropelados e atropelando os passos despreocupados dos pequerruchos.

Tanto isso é uma realidade, que encontramos muitas crianças contaminadas pelas neuroses dos pais.

Num período de tempo em que a criança deveria andar devagar, observar o mundo ao seu redor, esse mundo totalmente novo para ela, muitas já são vítimas da correria desenfreada que os pais lhes impõem.

A criança entra numa roda viva em que não tem tempo de brincar, de conversar com um amiguinho, de observar despreocupadamente uma vitrina, uma cena da natureza, pois é arrastada pelas mãos nervosas de pais que estão sempre correndo, sempre em busca de um tempo que já se foi.

Você que é mãe ou pai, faça uma pequena pausa no seu dia, repense suas actividades, estabeleça prioridades e considere a importância de 5 minutos a mais de atenção aos filhos. Sejam eles crianças, adolescentes, jovens ou adultos.

Dia desses, uma mãe nos disse que seu filho é uma pérola preciosa de valor incalculável. E falou isto com o coração cheio de ternura. O filho tem quase 30 anos, mas a mãe o conhece muito bem e sabe o valor que ele tem.

Certamente ela o acompanha desde o ventre, dando-lhe atenção e carinho sem se preocupar com o relógio, embora não negligenciando com suas obrigações.

Hoje em dia, muitos pais só sabem enumerar os defeitos dos filhos, porque não têm tempo de conhecer suas virtudes, nem de apreciá-las.

O que ressalta é sempre o fato de estarem atrasados para levantar, para se deitar, para ir à escola ou ir para o curso disto ou daquilo.

O tempo passa breve e um dia os filhos crescem, se casam, ou viajam para a pátria espiritual. E deixam, nos pais descuidados, uma enorme sensação de vazio, por não ter percebido que os minutos se transformaram em anos.

Por todas essas razões, pare um pouco e se pergunte: quais são as minhas prioridades?

E pense na possibilidade de dar a alguém que você ama mais cinco minutos de seu tempo, ainda hoje!


.

6 comentários:

Sandra disse...

BOA TARDE!!!!

SÓ vc é capaz de preenceher todo o meu coração Virtual.
Muito obrigada pela visita.
Retribuir é um ato de Amor.
Por isso venho te dizer que que sou muito feliz Com os seus comentários E CARINHOS POR LÁ REGISTRADOS.
Curiosa e demais blogs, só tem é agradecer pela sua imensa amizade. Construimos juntos este laço de Amizades, de Carinho e Afeto E SINCERIDADE.MUITO VERDADEIRA.
Sou feliz com a sua companhia e afeto. As vezes demoramos, PARA VISITAR, mas contra a nossa vontade. Porque a vida Real. é intensa. Não podemos fugir dela.
Deixo um grande carinho e um forte abraço, cheio de Luz e Paz.
Quando vim na curiosa, passe pela interação de amigos e tome o seu cafezinho..
Agradeço imensamente o seu Amor..
Tenha um lindo Final de Semana.
Carinhosamente,
Sandra

Não esqueço..Posso demorar..mas venho..VOCÊ MORA DENTRO DO MEU CORAÇÃO.NÃO NO LADO..MAS SIM BEM NO MEIO DELE.

Pérola disse...

Maravilhosa postagem.
Mas o fato é que precisamos nos policiar mais quanto a isso.Tudo é muito bonito mas seguimos cometendos os mesmos erros,vivendo numa velocidade assustadora e quando damos por nós os filhos já estão formados e nem tivemos tempo de dar realmente atenção quando precisou.Isso quando eles se formam ou ñ chegam a fase adulta como a do texto.
Exelente texto p/reflexão.
Deixo minhas felicitações pelo bom gosto.
beijos.

Carmo disse...

Olá, boa tarde venho aqui desejar um bom fim de semana e também agradecer esta bonita postagem

Beijinhos

Carmo

Lilá(s) disse...

Um bom conselho nos tempos actuais, em que a maioria dos pais não procura ter tempo para os filhos.
Bjs

Baila sem peso disse...

Os meus meninos são a minha vida!
Sim, ambos já crescidinhos
mas continuam meus carinhos!...
Gostei da sensibilidade
na verdade o tempo neste ponto
é uma regra de muita verdade!!!

Beijinhos e tempo na vida
para todo o amor que trás guarida!

© Piedade Araújo Sol disse...

ternurento o texto,

gpstei de ler.

feliz Páscoa.