domingo, 16 de janeiro de 2011

TRISTEZA QUE MAGOA
















Meu marido chegou em casa, naquela noite, trazendo o mau humor que o caracterizava há alguns meses. Afinal, eram tantos os problemas e as dificuldades, que ele se transformara em um ser amargo, triste, mal humorado.

Colocou a chave na fechadura da porta e a abriu. A luz acesa na cozinha iluminava fracamente o hall por onde entrou. Deteve o passo e pôde ouvir.

- Mãe por que ele anda sempre triste e mal humorado?

- Não sei, amor, respondeu a mãe, com paciência. Ele deve estar preocupado com seus probemas pessoais e no seu trabalho

- Sabes sao as lutas da vida, filha.

Houve uma pequena pausa e depois, e depois voltaram as perguntas

- Porque fica ele alegre nos negócios?

- Fica, sim, respondeu a mãe.

- Mas, então, por que fica triste em casa?

- Nas lutas de cada dia, minha filha, deve-se sempre demonstrar contentamento. Deve –se ser alegre para agradar aos chefes e colegas . É importante para o trabalho dele. Mas, quando ele volta para casa, ele traz muitas preocupações. Se fora de casa, precisa cuidar para não ferir os outros, e mostrar alegria, gentileza, não acontece o mesmo em casa.

- Aqui é o lar, onde ele está com o direito de não esconder o seu cansaço, as suas preocupações.

Minha filha pareceu escutar atenta e depois, suspirando, como se tivesse pensado por longo tempo, desabafou:

- Que pena, mãe? Eu gostaria tanto de o ver feliz, ao menos de vez em quando. Gostaria que ele chegasse lhe mostrasse um sorriso lhe desse um carinho e que sorrisse para mim. Eu gostaria tanto...

Naquele momento, senti as pernas tremerem. Um líquido estranho lme escorreu dos olhos chorando. E pensando...

Meu Deus, Como está destruindo minha familia e se auto destruindo


Não há quem não tenha problemas, lutas e dificuldades. Compete, no entanto, saber administrá-las de forma a que elas não se tornem um fantasma de tristeza, um motivo de auto-compaixão.

Mesmo porque ninguém tem somente coisas ruins em sua vida. Ao lado das lutas constantes, existem sempre as compensações que Deus providencia.

Ter um lar, esposa, filhos, irmãos Mãe amorosos é o oásis de paz que a divindade nos concede a fim de que restabeleçamos as forças para o prosseguimento do bom combate.

***

A alegria espalha bênçãos onde se manifeste.

A alegria pura contamina os que estão em volta. Por isso, recuperemos a coragem na arena de combate que a vida diária nos impõe e vitalizemos a alegria.

Quem alimenta tristezas cria para si e para os seus um clima de intranqüilidade que gera enfermidade.

Não sejamos semeadores de sombras, antes sejamos como o sol que sorri gentil e tudo ilumina onde se faz presente.

8 comentários:

Celia na Italia disse...

O texto é fantástico mas a finalização dele: "Não sejamos semeadores de sombras, antes sejamos como o sol que sorri gentil e tudo ilumina onde se faz presente." é magnífica!

Diana Carla disse...

Lindo texto...devemos sim mesmo diante da tristeza saber conduzir a alegria...

bjinhus...

Analice disse...

ola... amei o que falou... é verdade... seja sempre bem vindos

Luís Coelho disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
- TatianaFerreira disse...

Que querida (;
Obrigada , para si tambem *.*
Beijinhos *

Amandinha♥ disse...

Olá, vim agradecer o carinho da visita no meu blog.
Retribuir a visita e convidar pra voltar sempre...

O blog está linkado e eeu estou seguindo!

beijos

Derland disse...

Adorei esse blog ele tem otimos textos depois dê uma olhada no meu blog http://www.derlandreflexivo.blogspot.com/
E se quiser deixar sujestões e criticas eu irei adorar, pois e sempre bom ouvir quem ja conhece sobre o assunto.

Daniel Savio disse...

Mas se ele as vezes conseguisse chorar talvez fosse mais facil ele aguentar esta magoa e pudesse sorrir..

Fique com Deus, menina Naty.
Um abraço.